Palavra do Delegado-Geral da Polícia Civil

É chegado mais um final de ano e, em breve, o anúncio do início do ano de 2017 cheio de esperança e expectativas, por isso, o termo que devemos utilizar atualmente é: um novo tempo chegou”, para a Polícia Civil. Esse termo significa a abertura de novos rumos, principalmente nesse momento em que a instituição, desde dezembro/2015, entrou em um período de transição, quando estabeleceu pelo seu planejamento estratégico 2016/2018, uma ruptura entre o modelo quase empírico até então utilizado, para um modelo técnico, profissional, como o que esta sendo aplicado nos últimos meses.

O  ano de 2017 será o balizador  para alcançarmos os resultados propostos pela instituição.  Devemos ter claramente que nossa missão é a promoção da defesa da sociedade e do indivíduo através do combate qualificado das infrações penais, para tanto,  nesse período elegemos: o combate as organizações criminais ambientais, dos crimes contra a administração pública  e dos crimes contra a vida.  Como também, temos o objetivo de fortalecer a visão interna e da opinião pública, de que a Policia Civil do Estado de Rondônia é capaz de atingir a excelência nas apurações das infrações penais, trazendo como resultado a redução da criminalidade.

Para que isso aconteça, todo o servidor policial, indistintamente, deve engajar-se neste processo para que ele ocorra de forma eficaz, levando à instituição a produzir resultados que reflitam o trabalho de todos, no reconhecimento do governo e este, em melhorias estruturais e  motivacionais, que no final,  será um melhor servir à comunidade e seu reconhecimento através  da sua credibilidade e  confiança com a atividade policial republicana.

Portanto, convido a todos para enfrentar este desafio e consolidar o papel desta instituição diante da sociedade, vamos juntos garantir a eficácia da Segurança Pública e o reconhecimento do trabalho da Polícia Civil nos quatro canto deste Estado. Para todos os servidores da Polícia Civil um Feliz Natal e um próspero Ano Novo.

Eliseu Muller (Delegado-Geral da Polícia Civil – RO)

Sobre ASCOM