Polícia Civil prende dupla acusada por furtos em Porto Velho

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio dos policiais lotados no 1° DP, prenderam na manhã desta quarta-feira (25/10), Walison L. C.  e Renan G. C. acusados de praticaremo crime de furto de materiais cirúrgicos cujo o valor dos objetos ultrapassam a quantia de R$ 10 mil. A vítima foi o dentista Dúlcio Silva Mendes que é filho do ex-prefeito de Guajará-Mirim. O crime aconteceu no mês de agosto do corrente ano na Avenida Rio Madeira, em Porto Velho.

De acordo com informações policiais, a dupla, utilizando um equipamento conhecido como ‘Chapolin’ (bloqueador do sinal de alarme de veículos) furtou diversos materiais cirúrgicos do acadêmico que estavam em uma caminhonete estacionada. Vale ressaltar que a Polícia Civil já estava investigando a dupla que praticou furto em outro veículo, na região Central da Capital.

Nesta ação, a dupla subtraiu alguns objetos, a exemplo, de um cartão de crédito, que teve o limite estourado com compras realizada pelos criminosos em várias lojas, tendo vista que a senha estava anotada junto ao cartão. Durante as investigações, os policiais descobriram que os suspeitos tinham sido os autores do furto a caminhonete do filho do político.

O material foi localizado em um apartamento do condomínio Orgulho do Madeira e Walisson foi preso. Renan é morador da zona Sul e também foi interceptado. Ambos foram conduzidos até a delegacia para os procedimentos legais e, em seguida, foram encaminhados ao sistema prisional local onde aguardam a manifestação da Justiça.

Sobre ASCOM