Polícia Civil e PRF deflagram operação “Omoplata” no Vale do Jamari

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio da Delegacia Regional de Ariquemes (RO), com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagrou na manhã da última terça-feira (14/11) a operação denominada “Omoplata”. De acordo com a Polícia, o objetivo da Operação Policial é desarticular duas organizações criminosas especializadas no tráfico de drogas no Vale do Jamari.  O Delegado da Polícia Civil e Regional de Ariquemes, Rodrigo Duarte, revela que 14 suspeitos foram presos e outras duas pessoas são consideradas foragidas.

Ainda segundo o Delegado Regional, Rodrigo Duarte, as investigações desta operação iniciaram no final de março do ano corrente, neste ínterim, cerca de 40 quilos de entorpecentes foram apreendidas durante as diligências policias. “O trabalho da Polícia Civil iniciou com monitoramento de alguns suspeitos, em seguida, foi  identificado indícios de narcotráfico e de associação com o tráfico de drogas. Com informações sobre o grupo, o Núcleo de Inteligência passou a acompanhar e identificou um fornecedor de cocaína residente  em Guajará-Mirim (RO), local onde também recebeu a ação da Polícia e, por meio do monitoramento deste suspeito outra associação criminosa foi identificada. Ambos os grupos que recebiam o entorpecente deste suspeito, comercializavam a droga em Ariquemes”, comenta Rodrigo.

O Delegado da Polícia Civil e Diretor de Polícia do Interior (DPI), Arismar Araújo,explicou que cerca de 120 profissionais da segurança pública, entre Polícia Civil e PRF, participaram da Operação, este número foi destacado por conta da periculosidade das pessoas envolvidas. “O número de alvos não era quantitativa, mas, devido a periculosidade das pessoas envolvidas neste crime, planejamos um número de policiais que atendesse de forma segura a demanda desta Operação”, disse Arismar.

O Delegado-Geral da Polícia Civil, Eliseu Muller, revela que 28 mandados judiciais foram expedidos, sendo 16 mandados de prisões e 12 mandados de buscas e apreensão domiciliar para serem cumpridos nas cidades de Ariquemes, Cacaulândia, Porto Velho e Guajará-Mirim. “Esta operação faz parte do Programa do Governo lançando neste segundo semestre chamado ‘Rondônia Mais Segura’ que visa de forma integrada combater à criminalidade em todo o Estado e, a Operação de hoje é reflexo da dedicação e empenho dos servidores da Polícia Civil e da parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF)”, afirma o Delegado.

O inspetor de Fiscalização da PRF de Ariquemes, André Benedetti, comentou sobre a atuação do órgão na operação e destacou que a junção de forças entre a PRF e a Polícia Civil traz um ganho para a sociedade em geral, tendo em vista que possui o objetivo de dar uma resposta à população no segmento da Segurança Pública. “A PRF colaborou de maneira efetiva na operação Omoplata, desde a fase preliminar com os trabalhos de inteligência, seja com as abordagens ou levantamento de alvos específicos que foram demandados em conjunto”, disse o Inspetor.

É importante informar que duas pessoas são consideradas foragidas da Justiça e que uma espingarda, um revólver e certa quantidade de crack foram apreendidos durante a ação policial. Quanto aos demais materiais recolhidos, estes serão analisados até a finalização do inquérito policial.

Omoplata

A Operação foi denominada Omoplata em razão da triangulação de duas quadrilhas envolvidas ao mesmo traficante, por se tratar de um osso em formato triangular e também por ser o nome dado a um golpe de arte marcial que finaliza o oponente.

 

Sobre ASCOM