PC APREENDE OBJETOS DE ORIGEM ILÍCITA

 Polícia Civil aprende vários objetos possivelmente oriundos de roubos e/ou furtos na capital

“O ponto de venda de drogas era monitorado por câmeras de vigilância”

Policiais da 5ª Delegacia de Polícia Civil da Capital apreenderam na noite do dia 1º de abril de 2013 vários bens de origem possivelmente ilícita encontrados nas residências de “BRUNO” de tal e de LÁZARO C.J., ambos suspeitos da prática de crimes contra o patrimônio na área do bairro Nacional, bem como de tráfico de drogas.

Consta que no dia 1º de março, por volta das 19h, um policial civil recebeu o telefonema de uma senhora pedindo ajuda, dizendo que a residência de sua mãe havia sido furtada há alguns dias e que sabia quem eram os ladrões e onde moravam.

De pronto, uma equipe de policiais da 5ª DP se deslocou e, em contato com a referida pessoa, a mesma apontou a residência do suspeito conhecido por ““BRUNO””, localizada na rua Israel, bairro Nacional.

““BRUNO””, ao perceber a aproximação da viatura, abandonou a casa em desabalada carreira, logrando escapar, porém ali deixou os bens subtraídos da residência da mãe da solicitante, Srª AURORA CORDEIRO CORREIA, os quais foram enviados ao 1° DP, onde havia sido registrado o Boletim de Ocorrência do furto.

Tais objetos encontram-se apreendidos e serão oportunamente restituídos à vítima.

Segundo populares, “BRUNO” teria se escondido na residência de seu primo LÁZARO, localizada ali mesmo nas proximidades (estrada do Belmont, n° 2054), onde funcionaria uma “boca de fumo”, e que ambos possivelmente estariam armados, um com revólver e o outro com pistola 765.

A equipe dirigiu-se ao local indicado, constatando a presença de LÁZARO, o qual segurava um objeto sob a camisa, sendo que, tão logo tendo um policial se identificado e ordenado que ele colocasse as mãos sobre a cabeça e encostasse na parede, o mesmo fez menção de sacar o objeto, que na verdade foi identificado como sendo um revólver.

Temendo ser alvejado, LÁZARO pulou pela janela dos fundos e embrenhou-se no matagal ali existente, não sendo possível sua captura em função de o local ser de difícil acesso, e, sobretudo, pela escuridão da noite.

Na casa de LÁZARO foi localizada uma enorme gama de objetos, todos de procedência duvidosa, mesmo porque tal residência foi apontada por transeuntes como ponto de venda e consumo de drogas.

Dentre os objetos apreendidos vale destacar os seguintes: um forno microondas marca LG, dois aparelhos DVD, doze aparelhos celulares, relógios, pulseiras,  dois televisores de 20″ marcas LG e Sanyo, duas botijas de gás, um notebook Semp Toshiba, um tablet iPad, duas bombas lava-jato, um porta-jóias contendo anel, brincos e outras miudezas, uma furadeira, uma máquina corta-mármore, uma maquita Bosh, etc.

Chamou atenção dos policiais o fato de que a casa era guarnecida com rede clandestina de circuito interno, com dois televisores e seis câmeras de segurança, possivelmente furtados de alguma empresa.

Além disso, também foi apreendido um prato contendo resquícios de substância branca, possivelmente utilizado no preparo e endolamento de cocaína.

Tais objetos foram encaminhados a 5ª DP/UNISP, onde estão apreendidos aguardando eventual restituição aos legítimos donos.

Nesse contexto, o Dr. FRANCISCO ALENCAR DA SILVA, delegado titular da 5ª DP/UNISP, orienta a quem tenha sido vítima de furto ou roubo de algum objeto acima descrito que compareça naquela unidade, localizada no cruzamento das avenidas Amazonas e Guaporé, bairro Nova Porto Velho, munido de comprovante de propriedade, para eventual restituição.
FONTE: ASCOM/PC/RO – DEPOM

FOTOS: DEPOM/PC/RO

Sobre ASCOM