Ariquemes/Monte Negro: Polícia Civil cumpre mandado de prisão de suspeito de estupro de enteada

Nesta sexta-feira, 18.03, a Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) em Ariquemes, cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de suspeito de estupro de vulnerável (pedofilia).

O fato ocorreu em Monte Negro/RO.

A própria mãe passou a suspeitar e perguntou à criança o que estava acontecendo, momento em que a menor, chorando, denunciou o que estava sofrendo dentro do lar.

A notícia chegou à DEAM no  dia 17.03, quando a criança de 7 anos relatou ao Delegado de Polícia que o padrasto, de 23 anos, se aproveitava da ausência da mãe para praticar o abuso sexual, que acontecia de forma reiterada.

O Delegado titular da DEAM, Dr. Rodrigo Camargo, encaminhou a criança imediatamente ao IML para fins de exame de corpo de delito,  onde restou  demonstrado que a criança não era mais virgem.

Foi formulada representação pela prisão cautelar do investigado e, atendendo ao pedido, o Judiciário expediu o mandado de prisão diante da gravidade do caso e elementos de convicção juntados preliminarmente.

Na sequência,  investigadores da DEAM saíram em diligência visando localizar o suspeito e apresentá-lo a autoridade policial.

Durante o interrogatório o acusado,  diante das robustas provas existentes contra si, confessou parcialmente o delito, negando ter “tirado a virgindade” da enteada.

O indiciado  foi encaminhado a Casa de Detenção de Ariquemes e permanecerá a disposição da justiça,  devendo responder pelo crime de estupro vulnerável, cuja pena é de reclusão de 8 a 15 anos.

O feito tramitará em segredo de justiça para não expor a intimidade da criança.

Sobre 86034812100