DERF ESCLARECE LATROCÍNIO E CUMPRE 10 MANDADOS.

 

Na manhã de hoje (04), a Polícia Judiciária Civil, por intermédio da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio – DERF, desencadeou a operação denominada “Olhos de Águia” e cumpriu 10 mandados nesta capital, sendo 05 de prisão temporária e 05 de busca e apreensão.

Entenda o caso:
No dia 06/03/2020 assaltantes em uma tentativa de roubo frustrada contra as vítimas Josimar N. dos S. e Antônio Eliezio M. da C., evadiram-se local efetuando vários disparos. No tiroteio, Josimar foi atingido e veio a óbito, já Antônio foi alvejado no braço. O fato ocorreu na Avenida Vieira Caúla, em frente ao numeral 6111, bairro Igarapé. Os algozes conseguiram fugir tomando rumo ignorado.

Após intensas investigações, policiais da DERF lograram êxito na identificação de 05 suspeitos, os quais foram objeto dos mandados cumpridos nesta manhã. Todos os mandados de busca e apreensão terem sido cumpridos, e um dos suspeitos de autoria foi preso, trata de A.S.G.; Os demais continuam foragidos, motivo pelo qual divulgaremos suas fotos, tendo em vista o bem coletivo.

O nome da operação faz alusão ao fato de que toda ação criminosa se iniciou no interior de uma agência bancária onde um dos investigados, permaneciam observando quem seriam as vítimas em potencial, “olhando como águia” para então articular com os demais investigados a empreitada criminosa, agindo desta forma como uma ave de rapina a procura de sua presa.

Os investigados que ENCONTRAM-SE FORAGIDOS DA JUSTIÇA são Ediclei Santos Moreira de Lima, Cezar José de Santana, Eduardo Da Silva Nery, Vulgo “DUDU” e Nunis Azevedo Nascimento.

A Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio – DERF tem desempenhado excelente trabalho investigativo elucidado a grande maioria dos latrocínios ocorridos nesta capital no ano de 2020.

Sobre ASSCOM