Acusado de estupro e mulher traficante são presos pela Polícia Judiciária Civil

O policial penal do Estado do Acre, Gleiuton S.S, 31 anos e Cristina M. S. S., 32 foram presos na terça-feira (28), por agentes da Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Repressão à Furtos e Roubos de Veículos Automotores – DERFRVA.

Gleiuton S.S. que se encontrava foragido e respondia pelo crime de estupro no Estado do Acre, foi preso em cumprimento ao Mandato de prisão.Coincidentemente ele foi encontrado quando estava na residência de Cristina M.S.S. alvo de investigação de tráfico de drogas.

Os policiais passaram a investigar Cristina, após receberem informações de que o marido dela, Johny A. A., apenado do presídio Edvan Mariano Rosendo – Urso Panda, mesmo na cadeia, coordenava o tráfico junto com a esposa.

Durante as investigações em residências na Rua Fluminense e Corinthians, bairro Lagoinha, zona Leste de Porto Velho (RO) foi possível anotar uma grande movimentação de viciados entrando e saindo da casa. Motivo pelo qual, o delegado Alessandro Morey solicitou o mandado de busca e apreensão sendo concedido pela Justiça.

No cumprimento do mandado de busca na residência de Cristina, policiais confirmaram a suspeita de tráfico após localizarem substância entorpecente e materiais usados para a embalagem de droga. Na ocasião, Cristina recebeu voz de prisão em flagrante Delito.

Gleiuton, que se encontrava na residência de Cristina, no momento das buscas, se identificou como “policial penal” do Estado do Acre e ao ser feito a consulta, constava contra ele um mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro com condenação de 10 anos. Sendo assim, os dois foram foram presos e ficaram à disposição da Justiça.

ASSCOM

Sobre ASSCOM