Vigilante do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) subtraía objetos enquanto fazia a guarda e vendia via site OLX

U.C.S. furtava CPUs, data shows e monitores de computadores pertencentes ao acervo patrimonial do SENAI e os vendiam através da OLX, em redes sociais, justamente o contrário do serviço que recebia para fazer, “vigiar”. Logo após o registro da ocorrência, policiais civis do Serviço de Investigação e Captura -SEVIC da 1ª Delegacia de Polícia da capital, passaram a monitorar o suspeito, acompanharam suas negociações de venda dos objetos furtados e coletaram farto material probatório.

O Delegado da 1ª DP representou pela BUSCA E APREENSÃO na casa do investigado, localizado na zona norte da capital, sendo concedida pelo Pode Judiciário.

Na manhã de hoje, os agentes cumpriram o mandado de Busca e apreensão na casa do suspeito e encontraram 05 CPUs marca HP, 03 monitores de computador marca HP, 01 caixa de ferramenta, 02 memórias de computador e cabos.

O investigado foi apresentado a Delegacia para ser interrogado e como estava fora do flagrante, será indiciado e liberado.

Sobre ASSCOM