A Polícia Judiciária Civil do Estado de Rondônia homenageia o Conselheiro Edilson de Sousa Silva

A Polícia Judiciária Civil do Estado de Rondônia homenageou, nesta sexta-feira 23/08, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO), conselheiro Edilson de Sousa Silva. Com sua maior comenda, a Medalha “Delegado Mauro dos Santos”. A Cerimônia de entrega foi realizada na sede Do Tribunal de Contas.

A Medalha “Delegado Mauro dos Santos” foi instituída por meio do Decreto n 11.580, de 13 de abril de 2005 e  visa homenagear pessoas que, ao longo de suas vidas, desempenharam relevantes serviços em favor da Polícia Judiciária Civil.  A medalha que possui o nome Delegado “Mauro dos Santos” foi uma justa homenagem ao Delegado (1º Colocado na classificação de seu concurso) que foi assassinado por investigar madeireiros que estavam cometendo crimes na região de Espigão do Oeste e atualmente, é a maior honra da instituição.

A relação de parceria entre a Polícia Judiciária Civil e o  Tribunal de Contas do Estado de Rondônia tem contribuindo para melhoria da instituição Polícia Judiciária Civil e o ato foi o reconhecimento pela atuação efetiva do Tribunal de Contas, por meio do presidente em favor da causa da Polícia Civil e, consequentemente, da segurança pública do Estado.

E o ato da entrega da comenda foi realizada pelo Delegado Geral da Polícia Judiciária Civil do Estado de Rondônia, Dr Samir Fouad Abboud e pela Delegada Geral Adjunta, Dra Alessandra Marcela Paraguassu Gomes, na sede do Tribunal de Contas.

O conselheiro presidente, Edilson de Sousa Silva, manifestou gratidão pela homenagem, reafirmou sua confiança no desempenho eficiente e efetivo das forças de Segurança do Estado. Citou que a parceria estabelecida há tempos entre esses órgãos e a Corte de Contas em ações desenvolvidas e realizadas em benefício da coletividade. Particularmente em relação à Polícia Civil, citou sua importância dentro do aparato estatal, principalmente o trabalho constante de combate à criminalidade, em especial aos atos de corrupção que tanto sangram os cofres públicos.

 

Asscon

Sobre ASSCOM